Selecione o idioma:

Artigos

Relatórios aos Investidores

Thais Perfeito

Comumente ouvimos dos gerentes gerais algumas reclamações sobre a dificuldade de apresentar os resultados do hotel aos investidores. Essa dificuldade existe pelos mais diversos motivos, seja pelo fato desses investidores serem pulverizados, com formações acadêmicas bastante distintas, por exemplo; ou pelo fato desses investidores não possuírem o investimento hoteleiro como seu “core business”. Dessa forma, saber quais informações são relevantes para constar nos relatórios e a forma como apresentá-las é fundamental para que eles possam entender melhor o andamento do negócio, bem como tomar decisões de investimento subsidiadas por informações coerentes.

Geralmente vemos no mercado longas cartas que são enviadas pelos gerentes gerais para todos os seus investidores, nas quais os mesmos relatam os acontecimentos no mercado que influenciaram os principais índices de desempenho do hotel, destacando números e comparações que tornam a compreensão dos resultados ainda mais complexa, principalmente para alguém que não é muito familiarizado com termos hoteleiros.

É preciso ter em mente que, em muitos casos, esses investidores são pessoas que não dispõem de tempo para análises e, desse modo, gráficos e tabelas com um pequeno resumo escrito ao lado podem ser a chave de sucesso para chamar a atenção dos proprietários para pontos estratégicos do investimento e da operação do hotel. Nesse contexto, se faz necessário elaborar gráficos e comparações que realmente tenham um significado para o investidor.

Durante o ano de 2010 vimos muitos hotéis fazendo comparativos com o resultado obtido no ano de 2009 – quando tivemos a famigerada crise mundial, e mostrando o quanto eficiente eles foram devido ao crescimento da receita e consequentemente da distribuição aos investidores. Essa comparação de resultados é bastante importante, porém não reflete a realidade do hotel por completo. Do ponto de vista do investidor hoteleiro, e que também deveria ser o do gerente geral, é fundamental avaliar se o resultado obtido pelo hotel em comparação com a concorrência está acima ou abaixo da média do mercado. Um crescimento de 15% na sua distribuição por apartamento pode parecer que a estratégia adotada está sendo assertiva, porém quando comparamos com um crescimento médio de 30% no resultado ao investidor alcançado pelo mercado, a conclusão pode ser diferente.

Para uma rápida análise é importante destacar pontos relevantes do investimento hoteleiro, que não se resumem somente em taxas de ocupação, diária média e RevPar, mas sim abrangem a evolução desses índices ao longo do tempo, além de margens departamentais, análise da concorrência e, obviamente, distribuição aos investidores.

Como não é possível mostrar todas as informações do hotel naquele período em apenas uma página, geralmente algumas empresas costumam fazer uma “capa resumo” dos relatórios com os principais fatos, gráficos e índices relevantes e, posteriormente, acompanhando esse resumo, um relatório completo com todas as informações abertas caso o investidor queira verificar algum outro ponto no detalhe.

A experiência da HotelInvest de mais de 10 anos no setor de Hotel Asset Management indica que os investidores, em sua maioria, preferem relatórios concisos e visualmente compreensíveis, porém sempre tendo à sua disposição todas as informações importantes como balancetes, investimentos realizados, aplicações financeiras, etc. A transparência e a objetividade nas informações são fundamentais, porém a informação completa deve ser um material de apoio. Entretanto, deve-se tomar cuidado para não “inundar” o investidor com informações pouco relevantes para a análise de seu investimento.